O CLAFPL é um evento bienal que surgiu em resposta à necessidade da área de formação de professores na Linguística Aplicada e em áreas afins e de abrir um espaço para o debate e a discussão acadêmica sobre os desafios e problemas enfrentados pelos pesquisadores e docentes envolvidos com formação de professores de línguas. Especificamente, ele decorre da necessidade sentida pelo sub-GT Formação de Professores, integrante à época do GT de Linguística Aplicada, da ANPOLL, de ampliar os espaços de debate e discussão, aproximando os investigadores latino-americanos (e interessados de outras partes do mundo), e representando um primeiro passo para a troca de experiências em uma área que, por seu substancial crescimento quantitativo e qualitativo nos últimos anos, muito e de maneira relevante pode contribuir para a melhoria do sistema educacional nos diversos países.

Ao longo de uma década, o evento foi abordando temáticas que entrelaçam aspectos da formação profissional a partir do olhar do formador e dos desafios para sua atuação, sua construção identitária e a relação dessa atividade para transformações sociais e de aprendizagem nas escolas.

O I CLAFPL foi realizado em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina, no período de 9 a 11 de novembro de 2006, no Praiatur Hotel, na Praia dos Ingleses, Florianópolis, Santa Catarina, tendo como temática geral “Desafios para o formador de professores de línguas”. O evento, sob a coordenação local da Profa. Glória Gil e nacional da Profa. Maria Helena Vieira Abrahão, contou com a presença de aproximadamente 514 participantes, que avaliaram sua programação e  organização de forma altamente positiva. Trabalhos selecionados foram publicados em formato de coletânea, organizada por Glória Gil e Maria Helena Helena Vieira Abrahão, intitulada Educação de professores de línguas: os desafios do formador, editada pela Pontes Editores/Artelíngua e lançada em 2008.

O II CLAFPL foi organizado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, no período de 27 a 29 de novembro de 2008, no campus da PUC-Rio, tendo como temática geral “Formação de Professores de Línguas e Transformação Social”. O evento contou com palestras e mesas-redondas com renomados pesquisadores nacionais e estrangeiros. Foram apresentados mais de 400 trabalhos.  Os Anais foram publicados em CD, com organização de Vander Viana e Inés Kayon de Miller, sob o título: “Caminhos na formação de professores de línguas: conquistas e desafios”. Trabalhos selecionados foram publicados na coletânea organizada por Telma Gimenez e Maria Cristina Góes de Monteiro, intitulada “Formação de Professores de Línguas na América Latina e Transformação Social”, publicada como volume 4 da Coleção Novas Perspectivas da Linguística Aplicada, da Pontes Editores.

O III CLAFPL foi realizado na Universidade de Taubaté, de 4 a 6 de novembro de 2010, com o tema  “Tendências e desafios na formação de professores de línguas no século 21”. Foram recebidas mais de 500 propostas de trabalhos. A coordenação acadêmica do evento foi realizada pelas professoras Profa. Dra. Maria Antonieta Alba Celani (PUC-SP) e pela saudosa Profa. Dra. Solange Teresinha de Ricardo Castro (UNITAU).  Uma seleção dos trabalhos está em preparação e deverá ser publicada brevemente.

O IV CLAFPL, sob organização da UnB, foi realizado de 27 de fevereiro a 1 de março de 2013, sob o tema “Fortalecendo Redes Colaborativas de Pesquisas em Linguística Aplicada e Formação de Professores de Línguas”.  Participaram do evento mais de 500 pesquisadores do Brasil e da América Latina. A coordenação local do evento esteve a cargo do Prof. Dr. Kleber Aparecido da Silva e de comissão científica liderada pela Profa. Dra. Tânia Romero. Estão previstas publicações de coletâneas com textos selecionados. O Caderno de Resumos pode ser acessado aqui.

O V CLAFPL teve organização da Universidade Federal de Goiás e foi realizado de 21 a 23 de outubro de 2014, sob a liderança da Profa. Dra. Maria Cristina Faria Dalacorte Ferreira e Profa. Dra. Maximina Maria Freire. O tema do evento foi “Construções Identitárias de Professores de Línguas” e dele participaram mais de 400 apresentadores de trabalhos entre alunos, professores e pesquisadores. Acesse os Anais aqui.

O VI CLAFPL será realizado em Londrina, no campus da Universidade Estadual de Londrina (UEL), organizado conjuntamente pela UEL e pela  Universidade Estadual de Ponta Grossa, entre 25 a 27 de outubro de 2016, com o tema “Diálogos (im)pertinentes entre formação de professores e aprendizagem de línguas”.  Os palestrantes convidados e modalidades de submissão de trabalhos encontram-se nas abas correspondentes.

Seus objetivos são:

  • Incentivar o estudo e a pesquisa, e promover o debate na área de formação de professores de línguas entre pesquisadores docentes e discentes e professores das universidades latino-americanas;
  • Intensificar a integração dos diversos níveis de ensino, a partir da formação profissional, tanto em nível inicial quanto continuado;
  • Promover o intercâmbio, o debate e a troca de experiências, entre os professores e pesquisadores brasileiros e estrangeiros;
  • Estimular a produção científica na área de formação de professores na LA e em áreas afins por meio de palestras, mesas-redondas, pôsteres, comunicações orais e de publicações;
  • Propiciar a divulgação de conhecimentos para a melhoria da área de formação de professores no Brasil e nos demais países da América Latina.